Kubrick Por Kubrick | Melhor para os não iniciados


Stanley Kubrick era mesmo um perfeccionista metódico? De Olhos Bem Fechadas é sobre sexo? Laranja Mecânica romantiza a violência? Tais discussões não são nenhuma novidade para quem é sequer um pouco familiarizado com a filmografia de Kubrick, e sua forte presença no documentário Kubrick por Kubrick retrata bem a essência do documentário: uma colagem que traz momentos até que interessantes, mas principalmente para quem sabe pouco ou nada sobre o cineasta.

Para tanto, o diretor Gregory Monro utiliza como gancho principal as opiniões do crítico francês Michel Ciment, intercaladas com entrevistas de atores e colaboradores frequentes de Kubrick, como Malcolm McDowell e Tom Cruise. É divertido ver essas visões dos bastidores, mas novamente: nada dito aqui já não foi ouvido ou lido por quem já mergulhou nas obras do cineasta, mesmo que de leve. Para quem quer uma Introdução ao Cinema de Stanley Kubrick, porém, este documentário é uma bela pedida.

Com isso em mente, Monro busca sim caprichar na produção: há todo um cuidado na forma com que a televisão que “exibe” as entrevistas se insere no quarto de 2001: Uma Odisseia no Espaço ou no painel de HAL 9000. Além disso, é difícil não se encantar — e se impressionar com a quantidade de objetos e momentos icônicos criados por Kubrick — quando a câmera percorre o quarto-cenário, agora decorado com o óculos de Lolita, a máscara de De Olhos Bem Fechados, o capacete de Nascido para Matar

Como uma das citações destacadas no documentário aponta, Kubrick fez “o melhor filme de ficção científica, o melhor filme sobre a Guerra do Vietnã, o melhor filme de terror”; é impossível negar a genialidade do cineasta, e Monro acerta ao louvar isso. Novamente: trata-se de uma bela introdução ao trabalho de Stanley Kubrick, mas o documentário faz pouco para ir além do óbvio ou do raso. Não à toa, seus melhores momentos são justamente as cenas de filmes do diretor homenageado.


“Kubrick by Kubrick” (Fra, 2020), escrito e dirigido por Gregory Monro.


CONFIRA A COBERTURA COMPLETA DA 44° MOSTRA INTERNACIONAL DE CINEMA DE SÃO PAULO