Cinefilia Crônica | Um grande debate


Apresentador engravatado: Sejam bem-vindos, queridos telespectadores. Chegamos com mais um grande debate sobre temas relevantes e urgentes. Sempre ressaltando que nosso canal preza pela pluralidade e é por isso que queremos ouvir os dois lados. Dito isso, vamos à polêmica. É, isso mesmo, pra começar com tudo. Lei da Gravidade! Isso mesmo: Lei da Gravidade. O que será que eles acham, hein, hein, hein? Vamos lá!

Debatedor com muitos seguidores no Twitter: Olha, Lei da Gravidade… Vê se pode. Me dá nojo só de falar. É só mais um absurdo de um velho barbudo. O Brasil precisa de liberdade. LI-BER-DA-DE. Se cai pra cima, se cai pra baixo, qual o problema? Direito de cada um. Por isso sou totalmente contra essa lei, o presidente precisa revogar já, imediatamente!

Debatedor qualificado e desconhecido: Quê? Tá louco? Como assim? Revogar a Lei da Gravidade? Isso não tem sentido. É só estudar um pouquinho… tem nada a ver com aprovação de presidente.

Apresentador mais sério para alavancar a audiência: Calma, calma, vamos esfriar os ânimos. Eu avisei que o debate ia pegar fogo. Aqui é assim, sem medo da polêmica. Agora que já falamos com muita profundidade e coragem, vamos passar pro próximo tema. Só pra explicar pro telespectador que chegou agora, a tela fica dividida pra cada participante ironizar o que o outro diz, fazendo carinha de criança mimada e contrariada. Lixo nas ruas. O que nossos debatedores pensam?

Debatedor com sorriso amarelo: Antes de dissertar sobre esse tema, só queria reiterar aqui, como o amigo de programa é autoritário. Ele não admite que um presidente eleito democraticamente revogue a Lei da Gravidade. É isso que esses comunistas querem, legislar sobre tudo, perceberam?

Debatedor constrangido: Ah, vá! Não tem argumento melhor que essa asneira que você tá falando?

Apresentador pensando na nota sobre celebridades no portal de notícias: Calma gente… calma. Vamos esfriar os ânimos. Não fuja do tema, a gente já destrinchou tudo sobre a Lei da Gravidade, vamos seguir para o tema proposto, do lixo nas ruas?

Debatedor louco para viralizar um vídeo editado por seus seguidores: É um direito, é um direito. As pessoas têm o direito de jogar lixo onde bem entenderem. Até porque a gente paga impostos pros varredores e lixeiros se virarem com o serviço sujo. E pra que serve um imposto? Vamos jogar dinheiro fora?

Debatedor com vontade de pedir demissão: É uma questão de civilidade, educação, higiene. Para de incentivar esses costumes feios, não seja desonesto. Você é melhor que isso. Não jogue lixo no chão, pense no meio ambiente, não ouça esse cara, telespectador.

Apresentador com salário de seis dígitos: Muito bem, terminamos por aqui mais um grande debate sobre temas relevantes e urgentes do país. Amanhã estaremos de volta, me despeço aqui dos debatedores e desejo um bom dia.

Debatedor com ar vencedor: Muito obrigado ao debatedor oponente, ao apresentador, mas principalmente ao meu patrão querido. Democracia é isso.

Debatedor indiferente: É. Até amanhã. Acho.

Confira os outros textos da coluna Cinefilia Crônica