Caindo no Mundo

Por Vinicius Carlos Vieira em 30 de Setembro de 2010

Ricky Gervais é um comediante inglês, possivelmente desconhecido para a maioria dos brasileiros, mas com fama internacional suficiente para colocá-lo na lista da Time com umas das 100 Personalidade mais Influentes do Mundo. Foi de sua parceria com o amigo Stephen Merchant que nasceu tanto a série “The Office” (a original inglesa) quanto o outro sucesso “Extras”, e é dessa mesma união que chega agora às locadoras do Brasil o interessante “Caindo no Mudo”.

Interessante por ser um daqueles dramas preocupados em contar uma história sensível ao mesmo tempo em que sabe o quanto tudo fica mais agradável com aquele riso no canto dos lábios. Não que seja uma comédia dramática ou vice versa, “Caindo no Mundo” acaba sendo apenas uma boa história sobre amizade e decisões.

Dirigido e escrito por Gervais e Merchant, o filme conta a história de um trio de jovens amigos do interior da Inglaterra às voltas com o começo de sua vida adulta, um escolhe pela vida da fábrica enquanto sonha em ir embora daquele lugar, o outro tenta a vida “chique” de vendedor de seguros de vida (estamos em 1973, então dê uma chance para a trama) e um terceiro, bom, o terceiro está para ser aquele gordinho engraçado, mas que no final tem um coração enorme.

Talvez o roteiro até se mostre um pouco esquemático demais, e sem muita novidade, o que fará a maioria das pessoas adivinhar logo de cara onde tudo aquilo pode chegar, mas vai da sensibilidade do filme fazer tudo isso valer a pena, e ele consegue. A dupla de diretores parece sempre pronta a olhar para seus personagens com a verdade necessária para empurrá-los pela trama, encarando o velho aposentado com sua “tigela de frutas de vidro trabalhado” como uma certa revolta contra o status quo. Contra essa vontade de perambular pela vida como um fantasma.

Essa vivacidade da trama, assim com um humor na medida em que, no fim do filme faz rir de si mesmo e de sua necessidade de ser, naquele momento, uma comédia romântica, com certeza fazem de “Caindo no Mundo” uma boa opção para quem quer apenas se divertir com um filme que só quer ser ele mesmo.

_________________________________________________________________________________________

Cemetery Junction (GB, 2010) escrito e dirigido por Ricky Gervais e Stephen Merchant, com Tom Hughes, Ricky Gervais, Christian Cooke, Ralph Fiennes, Matthew Goode, Jack Doolan, Emily Watson e Felicity Jones.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.