Belas e Perseguidas

Belas e Perseguidas Filme

É ótimo acompanhar uma comédia com mulheres no centro da narrativa, interpretando personagens definidas por elas mesmas e não pelos homens ao redor – e Reese Witherspoon e Sofía Vergara Belas e Perseguidas Posterfuncionam muito bem juntas. É uma pena, portanto, que Belas e Perseguidas esteja preso a um roteiro fraco e previsível, já que, em sua essência, contém elementos interessantes.

Interessada no trabalho do pai desde criança, Cooper (Witherspoon) segue os passos dele e se torna policial – até que um acidente com o filho do prefeito a coloca responsável pela sala de evidências, mas quando seu chefe finalmente decide colocá-la de volta em campo, Cooper recebe a missão de escoltar a Sra. Riva (Vergara), esposa do traficante Felipe Riva (Vincent Laresca), para testemunhar em Dallas contra o chefão das drogas, Vicente Cortez (Joaquín Cosio). As duas, assim, atravessam o Texas enquanto são perseguidas por policiais corruptos que estão envolvidos com Cortéz. Para que sua missão seja bem-sucedida, porém, Cooper e Riva deverão aprender a trabalhar juntas e a confiar uma na outra.

Carismáticas e divertidas, Witherspoon e Vergara oferecem mais talento a suas personagens do que o roteiro merece: Cooper é considerada rígida e insensata por todos, mas Witherspoon insere na protagonista uma energia nervosa e uma ansiedade que acrescentam mais dimensões à personagem. Vergara, por sua vez, é vista como a “latina gritona” e fútil, mas a atriz acerta ao investir no lado mais esperto e manipulador de Riva. As duas, assim, formam uma dinâmica interessante, misturando momentos de união verdadeira com situações em que cada uma deve colocar seus próprios interesses na frente.

Belas e Perseguidas Crítica

Divertindo-se especialmente quando utiliza as convenções do gênero feminino a fazer de suas personagens centrais, a diretora Anne Fletcher frequentemente traz a dupla utilizando a misoginia dos homens com quem lidam a seu favor, e o filme consegue até mesmo incluir uma cena de beijo entre Cooper e Riva que, ao contrário de ser ofensiva como de costume, é uma crítica justamente ao fetiche por lésbicas – depois de vermos um fazendeiro fascinado pelo beijo das duas – que, desastrado na realidade, se torna extremamente sexy em sua visão, presenciamos o sujeito dando uma entrevista moralista em que afirma que “como cristão, não se interessou por aquilo”. Este, porém, é um dos poucos exemplos de humor inteligente do roteiro que, afinal, considera a mera existência de uma prostituta transexual como motivo de risadas.

Trazendo uma trama simples que é estragada com reviravoltas visíveis a quilômetros de distância, Belas e Perseguidas ainda investe em piadas repetitivas sobre o suposto bigode de Witherspoon (mesmo que a atriz possua uma pele lisinha) e a aparência velha de Vergara (mesmo que a belíssima atriz tenha acabado de chegar à quarta década de vida) mas ao menos trata, em sua essência, de temas importantes: não há um jeito certo de ser mulher, e não é preciso mudar para conseguir o que quer – a missão torna Cooper mais solta e mais à vontade para perseguir um romance com um caubói que as ajuda, sim, mas Cooper não muda quem ela é e continua sendo a policial competente, certinha e nervosa do início do filme, apenas mais confiante e determinada. Riva, por sua vez, se torna uma pessoa melhor ao conhecer uma vida longe do crime, mas mantém seu jeito irreverente.

Com sequências de ação suaves demais para serem tensas e sérias demais para serem engraçadas, a exceção fica por conta de uma perseguição de carro envolvendo um ônibus de excursão para idosos. Mas é mesmo as atrizes centrais que tornam Belas e Perseguidas um passatempo agradável, ainda que seja lamentável que suas personagens não sejam melhor escritas e cercadas por um roteiro mais ousado.


“Hot Persuit” (EUA, 2015), escrito por David Feeney e John Quaintance, dirigido por Anne Fletcher, com Reese Witherspoon, Sofia Vergara, Matthew Del Negro e Michael Mosley.


Trailer – Belas e Perseguidas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.