Você Nem Imagina | Cyrano era um perfil fake


Platão disse algo sobre amor que virou a citação de abertura de Você Nem Imagina (também inspirou o nome original do filme). Muito séculos depois, mais precisamente em 1989, Edmond Rostand escreveu Cyrano de Bergerac, talvez uma das maiores histórias de amor do teatro… e, por que não, da cultura pop, já que é uma das peças mais montadas da história dos palcos do mundo, assim como tem inúmeras adaptações para o cinema e a TV.

Tudo bem, você não irá encontrar nenhuma referência à Cyrano de Bergerac no filme escrito e dirigido por Alice Wu, mas tudo bem, essas coisas acontecem em Hollywood e nem sempre todo mundo sai do cinema com os devidos créditos. Portanto, sai o nariz grande de Cyrano e entra algo bem pior para certos lugares do mundo de hoje, o homossexualismo (por mais triste que isso continue soando!).

Leah Lewis vive a adolescente Ellie Chu, introspectiva, tímida e cuidando do pai (Collin Chou) em algum estágio de depressão. Para tirar uma grana a mais, Chu faz a redação de toda sua turma, até que recebe um pedido excêntrico de Paul (Daniel Diemer): escrever uma carta declarando o amor dele a Aster Flores (Alexxis Lemire). O que ele não sabe é que Chu sempre teve uma quedinha por Flores, mas por viver nessa cidadezinha nos cafundós de lugar nenhum e por Aster ser filha do pastor, a protagonista nunca sequer pensou em declarar ela própria seu amor.

“Excêntrico”, pois estamos em 2020, e pior que do que ver alguém chamando homossexualismo de “do inferno”, é imaginar que esse relacionamento escrito iria durar muito mais que umas duas cartas antes de virar um bate papo em um genérico do Whatsapp. O que, por definição, faz de Você Nem Imagina uma espécie de Catfish, documentário de 2010 que depois virou uma série da MTV onde perfis fakes eram descobertos depois de um monte de conversas online. Sim, pouco mais de um século depois, Cyrano poderia ser considerado um perfil fake.

É lógico que a relação de Chu com Paul desabrocha em uma amizade que ajuda os dois nos momentos mais complicados de suas adolescências, mas também caminha para o desentendimento do final do segundo ato onde ele descobre as intenções dela e também que estava o tempo todo em um filme LGBTQ. Mas nada de muito traumatizante, tudo logo se resolve de modo até divertido em uma missa que dá bastante errado.

Com essa leveza em mente, Você Nem Imagina é então essa comédia romântica simpática, bonitinha e que funciona em tudo que se propõe. Se não é muito e apenas quer que você tenha pouco mais de 90 minutos dessa leveza, tudo bem, aproveite a oportunidade dessa história de amor bonitinha com diálogos inteligente e um ritmo apropriado para passar rapidinho pela sua TV e deixar aquela boa sensação de um filme com tudo no lugar.

Um filme sincero e com sentimentos sinceros, que não quer só ficar estagnado na velha ideia do amor clássico, mas que aceita os vários tipos de amores e como cada um deles pode sarar as cicatrizes, aproximar os opostos e abrir as portas para futuros diferentes e corajosos. Cada um dos personagens acaba vendo o amor transformar suas vidas e isso é suficiente para fazer Você Nem Imagina um passatempo suave o suficiente para ser perfeito para as fãs.

E não importa o que Platão disse, muitos menos o quanto o final da peça Cyrano de Bergerac é trágico, às vezes uma história de amor pode ser só uma daquelas com final feliz e o cara correndo atrás do trem, mesmo que isso continue sendo brega, mas com certeza sempre muito romântico.


“The Half of It” (EUA, 2020); escrito e dirigido por Alice Wu; com Leah Lewis, Alexxis Lemire, Daniel Diemer, Becky Ann Baker, Collin Chou e Wolfgang Novogratz


Traile do Filme – Você Nem Imagina

Outros artigos interessantes:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.