Algum tempo atrás existiu um lugar no Brasil onde o underground dominava os palcos e uma geração inteira de músicos de rock acabou influenciada pelo hardcore/punk dos anos 90 em Santos, litoral de São Paulo. E tentar olhar essa “cena”, seus personagens, ícones e muito som parece ser o objetivo do novo documentário, Califórnia Brasileira.

California Brasileira é dirigido por Wladimyr Cruz (Woodstock – Mais Que Uma Loja…, Uma Nova Onda De Liberdade: A história do Madame Satã e Os Portais Do Inferno Se Abrem – A história do Vulcano) e Rodiney Assunção (também parceiro de Cruz no último dos três).

Confira o primeiro trailer.

o filme promete retratar o cenário musical local voltado para a cultura punk, recorte histórico e geográfico de onde saíram nomes populares no estilo no Brasil como Garage Fuzz, White Frogs, Sociedade Armada, Safari Hamburguers, Psych Possessor e The Bombers, só para citar algumas. Além das bandas, Santos ficou conhecida no período como a “Califórnia brasileira”, por conta de sua recheada agenda de shows locais e internacionais, o grande número de espaços para a música autoral, lojas de discos, fanzines e a estreita relação entre o cenário musical com o de esportes radicais como o surf e o skate. Toda essa rede trabalhava em prol de um cenário de rock independente forte e autoral, que servia de referência para outras cidades, inclusive grandes capitais.

“Nossa ideia é lançar o filme em março, e na versão home-video, um pack duplo, onde além do filme e extras em DVD, teremos também um cd de áudio só com raridades daquela época e mais algumas surpresas que vamos preparar no pacote. Algo inédito para quem viveu e pra quem está conhecendo a produção musical deste recorte temporal”, explica um dos diretores, Wladimyr Cruz. “Além disso estamos preparando alguns eventos pontuais para celebrar o lançamento, como shows, a recuperação e publicação de material online, e exposições itinerantes”, arremata.

Com vasto material de arquivo, muito disso emprestado pelos próprios protagonistas da história, California Brasileira” vai além da tela, e vem alimentando sua fan page no facebook com material raro diariamente. “São fotos, videos, áudios raros, cartazes de show… é uma verdadeira viagem. Todos os dias a gente sobe algo novo/velho, além de novidades de como anda a produção do filme e eventos relacionados”, relata o diretor. Sobre o custeio da produção, os diretores – e também produtores – são taxativos: “Estamos fazendo tudo de forma independente. Punk, do it yourself, assim como a cena da qual tratamos no filme”.

Califórnia Brasileira chega aos cinemas em Março de 2017, acompanhado de seu lançamento em home-video. Versões digitais e on-demand estão programadas para o segundo semestre do próximo ano.

Outros artigos interessantes:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.