por Vinicius Carlos Vieira em 23 de Dezembro de 2010

Se quem pensava que “Guerra ao Terror”, lançado por aqui direto em DVD, ao ganhar o Oscar fizesse com que as distribuidoras nacionais tomassem um pouco mais de cuidado com seus lançamentos, aqui então estão (na minha humilde opinião) os melhores filmes que chegaram nas locadoras esse ano e você talvez possa ter ignorando, ou tenha perdido a chance de vê-lo no cinema (muito provavelmente por que eles nem tenham passado na sua cidade, ou em nenhuma outra).

“O Profeta”

Filme francês sobre um cara que entra na cadeia como um Zé ninguém mas sai dela como um bandido completo e poderoso. Não uma apologia ao crime, mas sim uma a um personagem tremendamente vivo e profundo. Concorreu ao Oscar pela França, não levou mas com certeza não foi por falta de qualidade. leia aqui a crítica do filme “O Profeta”

“Triângulo do Medo”

De vez em quando um tipo de coragem te faz levar filmes como esse para casa, mesmo sem saber absolutamente nada dele, como uma capinha horrorosa e uma sinopse que pouco ajuda. Dez vez em quando isso tudo traz uma surpresa agradabilíssima como esse terror interessante e imperdível para quem quer ter algumas boas surpresas. leia aqui a crítica do filme “Triângulo do Medo”

“Os Famosos e os Duendes da Morte”

Além de ter passado voando por circuitos nada comerciais, esse filme do Rio Grande do Sul, chegou as locadoras sem barulho nenhum e apenas um título diferente. Mas muito se engana quem faz disso seu julgamento, extremamente sensível, belissimamente fotografado e corajosamente hermético, acaba sendo umas das produções mais interessantes do cinema nacional no ano.

“Maldito Futebol Clube”

O que podia ser apenas uma biografia de um técnico de futebol inglês, dá espaço para o diretor Tom Hooper fazer uma verdadeira desconstrução completa de um mito do esporte (desconhecido por aqui, mas não por lá) através de uma situação que podia até passar despercebida no geral, mas aqui ganha contorno épicos e profundos.

“Ameaça Terrorista”

Um filme quase pequeno e minimalista, sobre até onde as pessoas podem ir para salvar um país de um atentado terrorista. Podia cair em um patriotada sem vergonha, mas opta por um, quase, terror psicológico. Michael Sheen e Samuel L. Jackson como torturado e torturador são um show à parte.

“Mother – A Busca Pela Verdade”

Se é difícil colocar em palavras o amor de uma mãe por seu filho, talvez Joon-Hu Bong tenha conseguido chegar perto disso em imagens. leia aqui a crítica do filme “Mother – A Busca da Verdade”

“O Mensageiro”

Se cada guerra tem seus filmes, definitivamente esse de Oren Moverman já faz parte da filmografia dessa incursão do Estados Unidos no Oriente Médio. Como em poucos momentos relacionados ao assunto, a idéia aqui é exatamente olhar para o que sobra dessa guerra e tem que se refazer com tão pouca ajuda: seus soldados. Woody Harrelson em uma de suas atuações mais sensíveis e só isso já valeria à pena.

“A Fita Branca”

Um nome como Michael Haneke no cartaz de um filme não te convida a ver essa ou aquela produção, mas sim te desafia a encarar essa ou aquela história. Ainda que seu estilo autoral/hermético/pouco convecional ainda faça muita gente fugir de seus filmes, é mais verdade ainda que, é impossível vê-los com indiferença, e a “Fita Branca” faz perfeitamente esse papel. leia aqui a crítica do filme “A Fita Branca”

“Lunar”

Por mais que seja prepotente apontar algum filme como melhor do ano, quando a conversa escorrega para um gênero mais específico ficaria fácil ver esse filme de estreia de Duncan Jones como uma das poucas boas (sensacional, bem verdade) ficções científicas do ano. Além de possibilitar a Sam Rockwell a oportunidade de fazer umas das atuações mais complexas que o cinema viu nos últimos tempos. leia aqui a crítica do filme “Lunar”

“O Segredo dos Seus Olhos”

Por mais que tenha ganhado o Oscar de Filme Estrangeiro e permanecido no cinema por algumas semanas, talvez esse filme argentino ainda tenha passado despercebido para uma ou outra pessoa, para essas então, uma indicação máxima e obrigatória. leia aqui a crítica do filme “O Segredo dos Seus Olhos”

Outros artigos interessantes:

2 Respostas

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.