O Mês Que Não Terminou | Empático

*o filme faz parte da cobertura da 43° Mostra Internacional de Cinema de São Paulo


Entre as dezenas de documentários que surgiram sobre o momento político do Brasil, O Mês Que Não Terminou é finalmente o que entendeu a maior dificuldade em traduzir esse momento para os dois lados que o país se dividiu: empatia.

Os cineastas Francisco Bosco e Raul Mourão conseguirem unir racional e emocionalmente a dupla narrativa que evoluiu de maneira paralela e interdependente nos últimos anos no Brasil, as chamadas “esquerda” e “direita”. Se até o momento o que havia surgido nos cinemas brasileiros foram tentativas infrutíferas de tentar defender esse ou aquele lado (e não irei aqui dizer quem é esse nem quem é aquele lado), o trabalho de Bosco/Mourão pega nas mãos das duras frentes e ensina uma à outra o caminho da compreensão: ouvir o outro lado.

Com o pano de fundo da narração de Fernanda Torres de um texto milimetricamente ancorado em uma fala sóbria e equilibrada, vamos acompanhando a história recente do Brasil através de gravações de protestos e imagens de notícias e pessoas ligadas a esta história. Economistas, cientistas políticos e psicanalistas (?) são chamados para amparar a argumentação de ambos os lados para cada evento significativo. Há uma tentativa honesta de explicar um fenômeno pra lá de complexo.

Sua introdução é instrumental pelo tom de baixar as armas e dar créditos a ambos os lados por explicações válidas para a realidade que vivemos, seja no âmbito econômico ou social. É apenas a partir desse cessar fogo que o filme se faz possível, e explicações mais elaboradas começam a ganhar corpo, e o espectador tem a chance de poder entender não apenas o lado que ele defende, mas principalmente o outro.

O Mês Que Não Terminou é mais do que focar no equilíbrio de opiniões. É um mergulho intelectual denso que busca iluminar os obstáculos que vivemos hoje para a compreensão do outro, e assim, quem sabe, podermos finalmente darmos as mãos novamente, e retomar aquela amizade perdida por briga de política.


“O Mês Que Não Terminou” (Bra, 2019), escrito e dirigido por Francisco Bosco e Raul Mourão, com Fernanda Torres (narração).



Trailer do Filme – O Mês Que Não Terminou

Outros artigos interessantes:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *