Novo filme de Kleber Mendonça Filho concorrerá à Palma de Ouro em Cannes


O Brasil está novamente concorrendo à Palma de Ouro em Cannes, dessa vez com o filme Bacurau, novo projeto do cineasta pernambucano Kleber Mendonça Filho em parceria com Juliano Dornelles. O Brasil ainda aparece na Palma de Ouro com a produção do também indicado, o italiano O Traidor, com Caio e Fabiano Gullane.

Já na competição Um Certo Olhar, Karim Ainouz (de Praia do Futuro e Madame Satã) emplacou uma indicação de seu novo filme, A Vida Invisível de Eurídice Gusmão. Produzido pelo brasileiro Rodrigo Teixeira (de Me Chame Pelo Seu Nome), seu nome ainda aparece como produtor do filme “Port Authority”, também participando do Um Certo Olhar.

Kleber Mendonça é indicado pela segunda vez à Palma de Ouro, em 2016 seu filme Aquarius não só foi lembrado por Cannes, como os protestos durante sua exibição serviram de estopim para uma discussão que tomou o Brasil e, para muitos, foi a razão de seu filme não ter sido indicado a uma vaga no Oscar (ninguém lembra mais dele, mas Pequeno Segredo ficou com a indicação). Bacurau ainda é a segunda parceria de Kleber Mendonça com a atriz Sonia Braga.

O filme de Kleber Mendonça Filho é o 35° filme brasileiro a ser indicado à Palma de Ouro em Cannes, com Orfeu do Carnaval, de Marcel Camus, e O Pagador de Promessas, de Alselmo Duarte, se sagrando vencedores do Festival em 1959 e 1962 (respectivamente).

Em 2019, o diretor brasileiro ainda ganha a companhia de gente mais que acostumada a desfilar no Festival francês com seus troféus. O “multiindicado” Ken Loach, vencedor por Eu, Daniel Blake, e Ventos da Liberdade volta a ser indicado, agora por “Sorry We Misse You”. Já os irmãos ganhadores por A Criança e Rosetta, Jean-Pierre e Luc Dardenne, agora são indicados por “Le Jeune Ahmed”.

Ainda entre os ex-vencedores da Palma de Ouro, Terence Mallick, que levou o prêmio por Árvore da Vida, agora compete com “A Hidden Life”.

Já entre os grandes nomes que disputarão o maior prêmio de Cannes com Kleber Mendonça Filho, estão ainda o coreano Joon-ho Bong (O Hospedeiro, Mother, Expresso do Amanhã e Okja) com seu “Parasite”, Pedro Almodovar com “Dolor Y Gloria”, Xavier Dolan (Mommy) com Mathias & Maxime e o “queridinho” do cinema indie, Jim Jarmush, com seu filme de zumbi, “The Dead Don´t Die”.

Ainda entre os filmes fora da competição oficial, Cannes contará com algumas estreias que devem movimentar o festival, como a cinebiografia de Enton John, Rocketman; o novo filme de Werner Herzog, “Family Romance, LLC.”; “Tommaso”, de Abel Ferrara e “Too Old to Die Young” de Nicolas Winding Refn.

O Festival de Cannes começa no dia 14 de maio e vai até o dia 25. A lista completa de indicados você confere no site oficial.

Outros artigos interessantes:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *