Cinefilia Crônica | O vilão não é daqui

No meio do filme, cochichavam em meio a cenas de tiros para tudo quanto é lado.
– Por que ele fala assim?
– Assim como?
– Desse jeito estranho, com a voz toda travada. Ele dobra o érre na hora errada.
– Ahh, ele é gringo.
– Gringo?
– Gringo!
– Que isso?
– É quando a pessoa nasce em um país e vai morar em outro país. Também chamam de estrangeiro.
– Mas ele largou a casa dele, a família dele, o trabalho dele e tudo pra vir pra cá e fazer essas coisas?
– Pra cá, pra cá, não. Pro país do ator principal.
– O ator principal não mora aqui?
– Não. Ele foi dublado. Tem outra pessoa falando em cima da voz dele pra gente entender.
– Mas por que ele faz isso?
– Isso o quê? Dublar?
– Não, não! Mata as pessoas, explode tudo, até sequestrou a namorada do principal…
– Porque ele é o vilão, ué.
– Vilão?
– O malvado.
– E o malvado precisa falar estranho e ser guingo?
– Gringo! Com érre logo no começo.
– Grrringo. O malvado precisa sempre ser dum outro país?
– Não, claro que não.
– Hmmm…
– Que foi?
– Nesses filmes de tiro o malvado é sempre russo, mexicano, das Arábia.
– Do Oriente Médio…
– Isso. Do Oriente Médio. De lá longe sempre.
– Ah, nem sempre.
– Nem sempre, mas quase sempre. Toda hora uma cara de bravo, um jeito de robô batendo em todo mundo, matando inocente até o principal dar um jeito nele no finalzinho.
– É…
– Muito esquisito. Só porque ele não é do país do principal ele vai ser malvado? Por que isso?
– Não sei, não sei. Coisa de filme, é só um filme.
– Mas você já viu tanto filme, como não sabe?
– Não sei ué, eu só assisto muito filme. Mas é só em filme isso.
– Verdade, só um filme. Ninguém acha que só porque é gringo vai ser malvado, né? Tudo mentira de filme.
– …
– Que foi?
– Nada, não. Vâmo ver uma comédia?
– Quê?
– De dar risada.
– Vâmo, vâmo! Põe a da família que grita pra caramba na casinha pequena e eles falam tudo errado. Essa é engraçada!
– Tá bom.

Confira os outros textos da coluna Cinefilia Crônica

Outros artigos interessantes:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.