Os 10 melhores filmes sobre futebol que você precisa assistir!


O único Top 10 viável durante a Copa do Mundo desses é algo parecido como melhores filmes sobre futebol. O problema é que, bem diferente de todos outros esportes, fazer uma curadoria de bons filmes do esporte criado por Charles Miller é tão complicado quanto se empolgar com um jogo do campeonato francês.

É lógico que isso é culpa de Hollywood e toda sua capacidade de criar as tramas mais estapafúrdias com o soccer, desde garotas fingindo ser garotos para jogar, soccer moms, criança gordinha tomando bolada nas “partes baixas”, o olhos esbugalhado de Rodney Dangerfield e Will Farrel.

Mas mesmo diante de todas dificuldades, está ai nosso TOP 10 filmes sobre futebol.

Confira nosso TOP  10 filmes sobre futebol


1) Heleno (“Heleno”, 2011, dir. Jospe Henrique Fonseca)
O filme estrelado por Rodrigo Santoro vivendo o mitológico jogador do Botafogo, não é só um dos grandes (poucos) filmes sobre futebol, como é uma das grandes cinebiografias sobre esportistas que o cinema já produziu. Além de ser um dos melhores trabalhos de Santoro, o filme tem um preto e branco e uma sensibilidade que transformam a experiência em um poesia. Heleno conta a história de Heleno de Freitas e do quanto seu comportamento e vícios o levaram para o buraco mais fundo do esquecimento.



2) Boleiros – Era Uma Vez o Futebol (“Boleiros – Era Uma Vez o Futebol”, 1998, dir. Ugo Girogetti)
Em uma mesa de bar, um grupo de ex-jogadores veteranos troca histórias sobre “seus tempo”. Um filme brasileiro, sobre jogadores de futebol brasileiros, sobre assuntos brasileiros e em situações que só brasileiros entenderiam. Boleiros pega todos pela nostalgia.



3) Fuga Para A Vitória (“Escape to Victory”, 1982, dir. John Huston)
Muita gente pode até tentar denegrir, mas Fuga Para a Vitória é um delicioso marco do cinema. Primeiro de tudo, por ser um dos últimos filmes do mito John Huston (depois lançaria mais quatro filme antes de morrer em 1987), segundo por ter uma trama realmente interessante. Nela, Max Von Sidow controla um campo de concentração na Segunda Guerra, uma vez tendo sido jogador de futebol, se empolga com a possibilidade de uma partida Alemanha X Seleção de Prisioneiros, quando uma estrela do futebol chega em seu Campo. Michael Caine é essa estrela e, não só aceita o desafio, como ainda cria um plano de fuga durante a partida. O terceiro ponto é seu elenco, além de Caine e Sidow, o filme ainda conta com um jovem Silvester Stalone e duas lendas do futebol: Bobby Moore e Pelé.

Fica aqui a curiosidade de que Fuga Para A Vitória é na verdade uma refilmagem de uma série de filmes com o mesmo tema. O original é Golpe Baixo, dirigido por Robert Aldrich em 1974, onde a disputa é com “aquele outro futebol”, em 2011, inglês Penalidade Máxima volta ao “futebol de verdade” e em 2005, um homônimo ao original com Adam Sandler jogando a bola com a mão.



4) À Procura de Eric (“Looking for Eric”, 2009, Ken Loach)
Eric, é um torcedor fanático do Manchester e vê sua vida ir de mal a pior em quase todos sentidos, seu único momento de prazer está justamente em ver os jogos de seu time. Mas isso muda completamente quando passa a receber conselhos do próprio polêmico, porém genial, Eric Cantona. Como é de se esperar de um filme do diretor inglês Loach, À Procura de Eric é sensível, com personagens reais, uma melancolia dolorosa e um fio de esperança que se amarra em nós largos. Por tudo isso, e ainda uma surpreendente incrível atuação de Cantona, um filme apaixonante.



5) Maldito Futebol Clube (“The Damned Unite”, 2009, dir. Tom Hooper)
Baseado no livro de David Peace, Maldito Futebol Clube entende de futebol. Ainda que seja de fora das quatro linhas, o filme sabe como funciona todos mecanismos, detalhes e loucuras desse “mundo do futebol”. Nele, Michael Sheen vive o treinador inglês, Brian Clough (considerado por muitos como o maior técnico da Inglaterra a não ter comandado a seleção) e mostra a história real da conturbada e breve passagem dele pelo time do Leeds United depois de ter feito um enorme sucesso no minúsculo Derby County.



6) Gol! O Sonho Impossível (“Goal! The Dreams Begins”, 2005, diri. Danny Cannon)
A ideia é boa, uma trilogia que conta a história do jovem Santiago Munez, um imigrante ilegal dos Estados Unidos que acaba indo jogar no Newcastle, na Inglaterra. E ainda que o filme não “seja lá essas coisas”, é divertido ver o esforço estético do diretor inglês Danny Cannon para filmar cenas de jogos minimamente interessantes e que fujam da incapacidade americana de retratar o futebol em Hollywood.

O filme ainda ganhou mais duas continuações onde ele chega ao Real Madrid e depois defende sua seleção. A curiosidade é que Gol toma esse rumo por causa de um acordo de patrocínio com a Adidas, já que a outra opção era um acordo com a Nike e o Munez (mudar de sobrenome) e vencer na carreira através de Arsenal, Barcelona e depois Seleção Brasileira.



7) Kung Fu Futebol Clube (“Siu Lam Juk Kau”, 2001, dir. Stephen Chow)
E as melhores cenas de futebol no cinema não vem de uma produção de um país cheio de Copas do Mundo, mas sim de Hong Kong. A trama envolver um mestre Shaolin de Kung Fu, um lendário jogador de futebol e um campeonato com um “time do mal” que eles têm que enfrentar depois de juntarem um grupo excêntrico para serem seus parceiros de campo. Agora junte isso a um diretor divertido, um bom dinheiro para efeitos especiais e um jeitão de desenho animado onde vale qualquer “golpe” para esse jogo de futebol.



8) Um Time Show de Bola (“Metegol”, 2013, Juan José Campanella)
A única animação da lista vem dos “nosso Hermanos”. Nela Amadeo é um cara comum de um vilarejo, até que vence Grosso em uma partida de pebolim (ou “totó”, dependendo da região). Anos depois, Grosso se torna o maior jogador de futebol do mundo e busca sua revanche contra Amadeo, que se perder, ainda verá o seu vilarejo ser destruído para dar lugar a um estádio. O que Amadeo não sabia é que teria a ajuda de seus companheiros de uma vida inteira: os próprios bonequinhos do pebolim.



9) Driblando o Destino (“Bend It Like Beckham”, 2002, dir. Gurinder Chadha)
Divertido, simpático e ainda com algo a dizer, esse comédia jovem com Keira Knightley em começo de carreira é um daqueles momentos onde se percebe que um filme sobre futebol pode ser sobre ainda mais um monte de coisas. Nele, uma jovem de uma família indiana tradicional fica presa entre as obrigações impostas por seus pais e seu desejo de seguir o caminho do futebol.



10) A Copa (“Phorpa”, 1999, dir. Khyentse Norbu Rimpoche)
Um filme que envolve futebol e budismo acaba pendendo muito mais para o lado da leveza e da contemplação religiosa de um jovem monge apaixonado por futebol, mas que precisa fugir da constante vigilância de seu mestre para conseguir acompanhar a Copa do Mundo de 1998. Para quem não tem medo de encarar filmes sobre futebol, mesmo sendo do Butão.

Outros artigos interessantes:

1 Comment

  1. Menção honrosa: O Milagre de Berna. Não tem muito a ver com futebol, mas é um drama sensível e que coloca na telona um dos irônicos momentos da Copa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *